Sampaio exclui postagem após gerar repercussão negativa

Imagem de promoção para o clássico informando valor do ingresso tem símbolo do Moto Club com tom de rosa ao invés do tradicional vermelho. (Foto: Divulgação)

Depois de 24h da publicação da postagem polêmica, que retratava o escudo do Moto com a cor rosa e se referia ao Rubro-Negro com citações femininas, o Sampaio exclui de todas as redes sociais a postagem.

No texto de divulgação sobre a venda de ingressos para o Superclássico deste sábado, o Sampaio fez uma “provocação” rival com escudo rosa e citações femininas nas redes sociais. O Tricolor se refere ao adversário como “Mo(r)to Club” e diz que o jogo conta com “mando de campo é delas”.

Na noite desta quinta-feira (07), a diretoria do Moto lamentou a postagem com “conotação homofóbica do responsável pelas redes sociais” do adversário.
As duas equipes se enfrentam no sábado, às 17h, no Castelão.
Íntegra da nota emitida pelo Moto Club

O Moto Club de São Luís lamenta a conotação homofóbica do responsável pelas redes sociais do nosso rival. Sabemos que essa opinião preconceituosa não reflete os aproximadamente 40% da população maranhense que torce para a instituição Sampaio Corrêa. Porém, não vamos ficar nos vitimando. Estamos focados no jogo de sábado, afinal é dentro de campo que resolve as disputas do futebol. Aproveito para convocar a maioria da população maranhense que torce para o Rubro-Negro da Fabril para vir para o estádio, aqui abraçamos a pluralidade e defendemos o respeito as diferenças. Para finalizar, no clássico de sábado, vamos torcer em paz, o Moto como mandante da partida adotou critérios de igualdade entre as torcidas, mesmo sabendo que a nação motense tem a maior média de público nos últimos campeonatos estaduais, além disso temos certeza que o presidente da torcida tricolor, como político que era não apoia nenhuma atitude preconceituosa e deve punir os responsáveis.

DEIXE UM COMENTÁRIO