Queda de helicóptero causa morte do jornalista Ricardo Boechat

Após a queda, helicóptero pegou fogo. (Foto: Reprodução)

O jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, morreu na queda de um helicóptero no início da tarde de hoje (11) em um dos acessos da Rodovia Anhanguera, que liga a capital paulista, ao interior.

Segundo o Corpo de Bombeiros, ele estava em um helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera e bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via. O piloto Ronaldo Quattrucci também morreu no acidente.

Caminhão atingido pelo helicóptero ficou com a parte dianteira completamente destruída. (Foto: Reprodução)

O motorista de um caminhão atingido no acidente foi resgatado pelo serviço da concessionária que administra a via. O fogo no local já foi extinto.

O jornalista deixa a mulher, Veruska, e seis filhos.

Ricardo Boechat

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e tinha uma coluna semanal na revista ISTOÉ.

Ao longo de 49 anos de carreira, que iniciou no começo da década de 1970, escreveu em jornais como “Diário de Notícias”, onde começou, “O Globo”, “Jornal do Brasil”, “O Estado de S. Paulo” e “O Dia”.

De 1990 a 2001, fez parte da equipe do “Bom Dia Brasil”, na TV Globo, com uma coluna diária marcada pelo humor ácido e pela irreverência. Na emissora, também esteve no “Jornal da Globo”. Foi ainda diretor de jornalismo da Band e teve passagem pelo SBT.

Boechat ganhou três vezes o Prêmio Esso, um dos principais do jornalismo brasileiro.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO