PM maranhense é preso por crime no PA

Felipe Freire Sampaio Gouveia preso no quartel de Imperatriz (Divulgação)

O soldado da Polícia Militar, Felipe Freire Sampaio Gouveia, idade não revelada, permanecia preso até esta sexta-feira em uma das celas do quartel da corporação militar, em Imperatriz. Segundo a polícia, o militar é suspeito de ter assassinado a tiro o professor Ederson Costa dos Santos, de 29 anos, durante uma briga no trânsito, na cidade paraense de Marabá, no último sábado (4).

O assassinato está sendo investigado pela Delegacia de Homicídio da Polícia Civil do Pará. O delegado Eduardo Galvão, da regional de Imperatriz, informou que a polícia maranhense deu apoio aos policiais civis do estado vizinho para a prisão do militar.

O soldado Felipe, lotado no 3º Batalhão da Polícia Militar, em Imperatriz, estava no dia 4 em Marabá quando se desentendeu com o professor, que conduzindo um veículo acabou colidindo com um Fox vermelho, de placas OFM-8620, no qual estavam o acusado e a sua namorada.

Houve discussão entre a vítima e o acusado, que fez dois disparos que atingiram a cabeça de Ederson Costados Santos, que morreu no local. O policial fugiu do local.

A ação criminosa foi filmada e na noite desta quinta-feira, 9, o soldado Felipe foi preso em cumprimento a uma ordem de judicial ao chegar no 3º Batalhão da Polícia Militar. Ele foi ouvido pelo delegado da Polícia Civil do Pará, Ivan Pinto, e recolhido ao quartel, em Imperatriz, estando a disposição da Justiça paraense.

Leia mais notícias em RadioNoticiaMaranhao.com.br e siga nossas páginas no Facebook, no YouTube e no Instagram. Envie informações à Redação do Rádio Notícia Maranhão por WhatsApp pelo telefone (98) 98770 3557.

DEIXE UM COMENTÁRIO