FETAEMA e Cemar firmam parceria para divulgação sobre a Tarifa Rural


Evento promovido pela Cemar na sede da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras do Estado do Maranhão – FETAEMA para esclarecer questões referente ao direito dos trabalhadores rurais do benefício da Tarifa Rural de energia elétrica. – Foto: Reprodução


O auditório da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras do Estado do Maranhão – FETAEMA foi palco do diálogo promovido pela Cemar a respeito da Tarifa Rural de Energia Elétrica. Na ocasião, o presidente da Cemar Augusto Dantas falou sobre o benefício que todo trabalhador rural tem direito e muitas vezes não sabe: Que pode ter 30% de desconto na sua conta de energia:


O Pres. da Cemar Augusto Dantas explicou o benefício da Tarifa Rural de Energia Elétrica e reforçou a necessidade de mais de 200 mil trabalhadores se cadastrarem no Maranhão para receber o benefício. – Foto: Reprodução

“O objetivo desta mobilização é disseminar este conhecimento e esclarecer à população os direitos que são dados nas questões tarifárias para beneficiarmos o máximo possível de trabalhadores rurais”, pontuou Augusto Dantas.

A FETAEMA tem um papel de destaque nos debates a nível estadual e nacional sobre agricultura familiar, previdência social, assalariados rurais, conflitos agrários, dentre outros. Por este motivo a Cemar firmou parceria com a Federação, para que as informações sobre a Tarifa Rural sejam disseminadas em todo o Maranhão. Segundo Chico Miguel, presidente da FETAEMA, este debate é importante para que todos os sindicatos rurais orientem seus sindicalizados a procurarem este benefício junto a Cemar, tendo em vista que esta parceria com a Cemar é benéfica para todos”.


O Pres. da Cemar Augusto Dantas explicou o benefício da Tarifa Rural de Energia Elétrica e reforçou a necessidade de mais de 200 mil trabalhadores se cadastrarem no Maranhão para receber o benefício. – Foto: Reprodução

Vale lembrar que, para obter o benefício da Tarifa Rural é preciso estar dentro das seguintes conformidades: O imóvel precisa estar localizado em área rural; o titular da conta de energia precisa ir até uma agência de atendimento da Cemar e apresentar um dos seguintes documentos (Carteira de Trabalho e Promoção Social – CTPS, ou Carteira de associado ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais de seu município, ou Comprovante de recebimento de benefício do INSS como aposentado da situação de trabalhador rural, ou ainda, a declaração de aptidão (DAP) ao PRONAF  – Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar). Para tirar dúvidas, o trabalhador pode ligar na Central 116 ou buscar a sede do Sindicato dos trabalhadores Rurais de cada município.

Atualmente, cerca de 300 mil trabalhadores rurais têm o direto à Tarifa Rural no Maranhão. Mas, até o mês de julho de 2019, apenas 100 mil pessoas se cadastraram para receber o benefício. Ainda há 200 mil trabalhadores que têm o direito e ainda não se cadastraram.

DEIXE UM COMENTÁRIO