Dr. Gutemberg alerta para situação crítica da Maternidade Maria do Amparo

Foto: Reprodução

“Mais uma vez a Maternidade Maria do Amparo se encontra em situação crítica. Os médicos estão com salários atrasados desde junho e não têm mais condições de trabalhar. A maternidade corre o risco de fechar as portas de forma definitiva”. Esse foi o alerta do vereador Dr. Gutemberg Araújo em pronunciamento na manhã desta quarta – feira (30), na Câmara Municipal de São Luís.

O vereador Dr. Gutemberg Araújo abraçou a luta da maternidade Maria do Amparo, desde o ano passado, quando a unidade de saúde anunciou a paralisação das atividades. Foi o parlamentar que trouxe o caso à Câmara Municipal de São Luís.

Foto: Reprodução

Ainda no início deste ano, Dr. Gutemberg teve o apoio do presidente da Câmara, vereador Osmar Filho, e demais vereadores, para coordenar vários diálogos entre a diretoria do Centro Assistencial Elgita Brandão, entidade mantenedora da casa de saúde com os representantes do poder executivo Municipal.

Foram realizadas várias reuniões em busca de uma solução para o problema. Em uma delas, foi firmado um convênio com a Prefeitura Municipal de São Luís para ajudar a custear o kit médico – grupo de profissionais formado por um ginecologista obstetra, um médico anestesista e um pediatra, além de acrescer o piso máximo de atendimento.

Em abril deste ano, a maternidade voltou a funcionar. Mas, novamente, os profissionais da unidade de saúde procuraram o vereador para relatar os salários atrasados e o risco de encerrar as atividades de forma definitiva.

“Preciso dividir essa angústia e agonia com vocês. Essa casa parlamentar foi essencial na reabertura dessa maternidade que é responsável por 11% dos partos registrados na capital maranhense. Se caso não sejam regularizados os salários, além da manutenção com os matérias médicos essenciais para a realização dos partos, a Maternidade Maria do Amparo vai encerrar as atividades, sem previsão de retonor. Peço o apoio de todos”, destaca Dr. Gutemberg

A Maria do Amparo, localizada no bairro Anil, é responsável por 11% dos partos registrados na capital maranhense, sendo 100 mil contabilizados ao longo de 37 anos de existência. No final do ano passado, o vereador Dr. Gutemberg destinou R$ 1 milhão de emendas na Lei Orçamentária Anual – LOA 2019, além de emenda pessoal no valor de R$ 250 mil para a Maternidade Maria do Amparo.

DEIXE UM COMENTÁRIO